FORTE DE S. MIGUEL ARCANJO REABRIU COM NOVIDADES

0
215

O Forte de S. Miguel Arcanjo voltou a abrir as portas ao público, este sábado. Com cerca de mil visitantes a marcarem presença neste dia, o regresso do monumento à atividade ficou marcado por várias novidades nas exposições. Uma delas é a expansão da Surfer Wall para o hall de entrada, com a oferta de mais uma prancha, por parte do português António Silva.
O surfista, local da Praia Grande, apanhou na Praia do Norte as maiores ondas da sua vida e tornou-se, em 2011, no primeiro português a ser finalista dos Billabong XXL Global Big Wave Awards. Finalista também da primeira edição do Nazaré Challenge, António Silva garantiu ser “uma grande honra estar presente na Surfer Wall, partilhando este mural com enormes surfistas”. Na placa alusiva à prancha oferecida pelo surfista pode ler-se uma citação de António Silva, que descreve a sua relação com a Nazaré: “os alpinistas têm o Evereste, e os surfistas têm a Nazaré”.
O Presidente do Município da Nazaré, Walter Chicharro, apresentou as novidades aos presentes e falou da importância da presença de António Silva na Surfer Wall, “por ter sido um dos primeiros a lesionar-se seriamente ao desafiar as ondas gigantes da Praia do Norte e por ter participado na final do primeiro Nazaré Challenge”.
Outra das novidades é uma exposição de escultura, “Desktop”, da autoria de Thierry Ferreira, uma obra que apresenta diversos modos de conceber a tridimensionalidade, desde a conceção escultórica que considera as formas para serem vistas de fora, às conceções que consideram primeiro o espaço e só depois a massa.
Por fim, mas não menos importante, até porque se trata do “fotógrafo da casa”, como descreveu Walter Chicharro, pode observar-se no Forte a exposição fotográfica “Entre Ondas” de Vítor Estrelinha. Ao serviço do Município da Nazaré e da Praia do Norte®, o fotógrafo tem captado muitos dos momentos que tornaram a Nazaré num ponto de referência do surf mundial. As melhores fotografias estão agora expostas ao público.
Com as portas abertas de novo, o Forte já recebeu mais de 400 mil turistas, em quatro anos de abertura regular ao público, destacando-se o ano de 2017, no qual 174 mil pessoas deslocaram-se ao Forte.