O Campeonato do Mundo e da Europa de Freeride, competição desportiva de Jetski em que os pilotos aproveitam as ondas do mar como rampa para manobras radicais em altura, está de regresso marcado à Nazaré, para maio.
A prova, promovida pela associação PJSBA – Portuguese Jet Sports Boating Association com o apoio da Câmara Municipal da Nazaré e da Federação Portuguesa de Motonáutica, será a terceira etapa de um circuito que começa em França, a 5 de maio, seguindo para Inglaterra e, depois para Portugal, na Nazaré, de 19 a 21 de maio, onde decorrerá a última prova do circuito europeu.
Para Walter Chicharro, Presidente da Câmara da Nazaré, “o Freeride tornou-se num desporto fundamental no reconhecimento da Nazaré como a capital da realização de eventos de mar em Portugal, e no mundo, demonstrando a versatilidade das ondas da Nazaré, apropriadas para todos os desportos e todos os tamanhos de ondas. Ajudou também a desmistificar a ideia de que a Nazaré só tem ondas gigantes. Foi uma aposta pessoal bem-sucedida, como o demonstram os milhares de entusiastas que assistem ao evento na praia da Vila e a grande ativação económica do comércio local.”
Também as principais figuras do circuito estão rendidas aos encantos do país e da Nazaré.“Vencer na Nazaré foi uma sensação espantosa. Fui o primeiro freerider a ganhar na pátria das ondas gigantes. A localidade abriu-se em hospitalidade e bondade para connosco, e criou uma atmosfera muito especial ao final de cada dia. A competição também foi muito boa com ondas on shore muito fortes, tornando a prova divertida e arriscada”, declarou Mark Gomez, vencedor do ano passado, e bi-campeão do Mundo em título, que estará de volta, na edição deste ano.
Os principais candidatos ao título são Abraham Hochstrasser, o mexicano voador que enfrentou o “canhão da Nazaré”, em fevereiro deste ano, e o brasileiro Bruno Jacob.
O brasileiro elege a Nazaré como um excelente lugar. “Considero Portugal como um país irmão e gosto muito do local, das ondas, das pessoas, culinária. Tudo é muito parecido com o Brasil. Sinto-me bem. Fui um dos primeiros a enfrentar as ondas da Praia do Norte em 2015, e para mim foi uma experiência única. Estou ansioso para retornar à Nazaré, inclusive para gravar para a nova série em que participo, sobre o desporto e minha vida pelo mundo.”
O Freeride é, atualmente, o desporto motorizado aquático de maior crescimento a nível mundial, com milhares de seguidores pelos quatro cantos do mundo; e a Nazaré a sua catedral.